Vizinho Folgado. Todo mundo tem a vida igualmente sofrida? Não.

Bom, não é segredo para ninguém que a vida toda eu só habitei malocas e cortiços, lotados de gente de todos os tipos, tanto pro bem como pro mal…

Pois é, ao meu lado mora um vizinho que dizem trabalhar com jiujtsu, o cara não fede e nem cheira em termo de aparência. O dia todo fica ouvindo som alto de funk melody e forró , de noite ouve televisão no ultimo volume não respeita nada.

Hoje eu tive que aguentar o filha da puta transando das 3 da manhã até as 5:30, claro né? Ele é heterossexual, arruma sexo como quem pega grão de areia na praia… Não existe dificuldade para essas pessoas, elas são as preferidinhas de Deus.

Como eu moro num cortiço , diga-se de passagem PAGO todos os meses, barulho e paredes que se escutam tudo é uma norma. Home mais uma vez eu tive que aguentar esse imundo ficar transando com uma vagabunda que ficava gritando que ia “gozar”! Porra! Justo comigo isso vai acontecer?
O cara 5 horas da manhã gemendo e tropeçando no chão, a mulher ficava depois falando “ai, ai!” e eu tendo que aturar toda essa baixaria, justo eu, uma pessoa virgem cujo o maior problema na vida é ser miserável sexualmente e afetivamente, vocês ainda debocham quando eu fico achando ser problema provocado lá na porra do mundo “espiritual”.

Porra e o que esse vizinho faz o dia todo? Nada! Só ouve músicas de funk e forró e de noite transa com uma vagabunda. Não vemos o cara sofrer ou reclamar por nada, ah, as vezes o infeliz fica pulando corda dentro de casa e a gente escuta as pisadas fortes no chão. Transar , ouvir música, ganhar dinheiro fácil e dormir, é pra poucos, e ainda dizem que todo mundo sofre. Como dizem as bichas: AH, TÁ… !

Com certeza, se a minha mãe não tivesse tão doente, garanto que já teria dado o bucetão velho pra ele enquanto eu fosse trabalhar, é bem a linha dela, se é que já não fez isso, né?

Povinho podre!

3 thoughts on “Vizinho Folgado. Todo mundo tem a vida igualmente sofrida? Não.”

  1. Eu tive um vizinho que dava bom dia e conversava com todos do condomínio; quando ele me via me ignorava fingia que nem existia as vezes dava uma olhada de desconfiança tipo algo não descia em mim pra ele, até teve uma vez que fui gentil com ele e ele simplesmente ignorou virou a costas e cago pra mim, por eu ser gay é óbvio mas até tentei pagar na mesma moeda ignorando e cagando pra ele mas não surtiu mt efeito; enfim ele acabou se mudando comprando outra casa, ele se despediu de todos e adivinha menos de mim, eu sentia uma atração fdp por ele mas como ele ia saber? Pois é o universo ou o demo contou pra ele

    1. O homem hetero é muito mais maduro do que nós sobre sexualidade, claro, desde os 11 anos eles transam com deus e o mundo, por isso percebem fácil quando alguém está interessado neles, principalmente quando olhamos e rapidamente tentamos “desolhar”.
      No meu serviço tinha um rapaz assim, ele é muito bonito e cheio de pompas, gosta de ser popular e aparentemente certinho mas depois de um tempo ele ficou com ódio de mim do nada e fazia igual esse seu colega, uma vez o elevador ia fechar, ele estava segurando a porta sei lá pra quem, eu quis imaginar que era pra mim, falei obrigado, ele me ignorou solenemente, me senti uma besta. Depois disso ele quis mudar de setor e eu procuro o evitar, mas um dia , por engano um diabólico, liguei sem querer num ramal errado e quem me atendeu foi ele, fiquei em pânico, fiz uma pergunta besta e logo desliguei para não incomodar a realeza …
      Quem transa com todo mundo percebe coisas a nível de atração que não percebemos, ou sei lá, vai algum espírito lá no ouvido dele nos sacanear, quem lhe garante que não?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *