Procuro viver escondido para não me atrair por ninguém

Se você vai ter uma vida social, sair na rua, ir em um shopping, ir no mercado, enfim, seja o caralho que for, sempre haverá um maldito cara qualquer que você vai ver , ele irá te atrair, você se imaginará tendo sexo com ele, mas o filho da puta come só mulher.

Se você faz uma bosta de rede social, vira e mexe terá um maldito filho da puta que irá lhe atrair e fazer você ter uma forte vontade de fazer sexo com ele, quando você for adicioná-lo, tomará um block na cara.

Eu hoje estava procurando no Youtube pessoas falando sobre aquele filme que romantiza o lado capitalista das redes sociais chamado
“O Dilema das Redes Sociais”, dei preferência para ver vídeos feitos por mulheres, até que em um momento me permiti ver um de um homem, para que? Foi um inferno conforme o previsto: comecei a reparar os contornos másculos da mão do rapaz, aquilo me chamou atenção, depois fiquei instigado pela voz do cara, depois pela tatuagem do rapaz nos braços, depois fiquei olhando os olhos dele, quando eu percebi, já estava me atraindo pelo filho da puta maldito do inferno! Parei! Pulei de vídeo!

É um inferno isso! Se eu fosse aceito, gostado por alguém que me desse atração genuína, eu nem me importaria, mas eu já sei que todos esses caras, ainda mais quando são atraentes, são um nojo! Desprezam com facilidade até mulheres, quanto mais um homossexual humilhado como eu.

Por isso eu procuro ficar dentro de casa, sem sair, todos os dias do ano, evito contato com tudo que seja masculino, deixo a minha casa sem manutenção, sem nada pois geralmente quem faz isso são homens. Procuro só conversar com homens muito mais velhos ou muito feios e gordos, esses não me causam insegurança. Procuro viver feito um tatu na terra, não tenho carisma pra nada mesmo!