Nem toda mulher é flor que se cheire mas querem que você acredite que é…

Eu canso de receber críticas nos posts que eu faço quando neles eu critico a posição social de muitas mulheres, embora exista milhões de cidadãos para servirem de guarda pretoriana para mulheres, muitos gays se prestam a esse papel. É comum você criticar o fato da mulher estar sempre reclamando de tudo que envolva a sua riquíssima vida sexual e vir 30 carinhas aqui falar que você é misógino, que você sofre menos que as mulheres, que toda mulher é mais descriminada que os homossexuais e que todas, sem nenhuma exceção segundo as feministas, merecem ser tratadas como uma flor. Para esse povo fica aí o que eu passei a minha vida inteira com mulheres que não são nem um pouco santas , a MULHER DA PADARIA:

A mulher nesse vídeo acima, entra numa padaria e começa a gritar para o homossexual que estava no local: “bucetinha no cu! bucetinha no cu!” , querendo dizer como todo homofóbico que homossexuais só sabem desenvolver afeto e sexualidade usando o ânus.
Depois ela provoca ainda mais: “– Tenta me bater , tenta!”

A mulher depois agride um dos homossexuais em tom de deboche o estimula a reagir à sua agressão , claramente sabendo que a sociedade toda ficaria contra os homossexuais e a favor dela no caso de alguém perder a linha e descer a mão na cara dela.

Agora eu pergunto: alguém é obrigado a ter um outro cidadão lhe arranhando, lhe batendo sem ter a possibilidade de legítima defesa, largando um belo tabefe na cara , só porque o monstrinho social que lhe agride, no caso, é do sexo feminino?

A minha vida inteira na época de escola eu tinha que lhe dar com tipos assim de mulher, e é claro, isso era minoritário mas acontecia.

E se uma mulher dessas enfia a unha delas no seu olho e lhe torna cego? E se uma senhora dessas põe fogo no seu estabelecimento, você vai deixar de reagir por que o tipo é considerada a rainha do mundo só por ter uma vagina? E se um tipo desse está armado? A pessoa faz o que? Oferece uma flor e recita um poema para não parecer misógino?

Veja o esforço que os homossexuais tiveram que fazer para a policia fazer alguma coisa, precisou quase que suplicar! Tudo bem que no Brasil a ordem não é regra, a polícia só vai querer agir quando quando o pior acontece: degolamento, fratura exposta, sangue esguichando pra todos os lados, caso contrário, até parece que o policial ao evitar levar alguém pra delegacia, bate uma meta estipulada talvez pela secretaria da segurança. Uma doida como essa num país civilizado da europa, já teria sido presa e multada em mais de 70 mil euros e a policia não iria se fazer de rogada não.

Agora no Brasil, um homossexual chamar a policia militar ? Você já sabe muito bem o que um militar pensa sobre um homossexual, não sabe? Agora se uma racha tiver ter aprontado contra um gay, você acha mesmo que eles vão ficar do lado do gay? Claro que não! Se isso acontecer, os colegas deles lá no quartel irão ficar infernizando o outro dizendo “tu defendeu viado e largou a mina princesinha meu!”

A mulher fala muito do estupro por isso tenta se equiparar ao sofrimento dos homossexuais. A mulher tem que entender que tudo que é desejado demais corre o risco de se tomado à força. O cara quando tem muito dinheiro, é milionário e não lhe falta nada, corre o risco de ser roubado e sequestrado, nem por isso ele diz por aí que a vida dele toda é mais difícil que a de um miserável desempregado que tem que morar numa favela desde o dia em que nasceu! A situação é ruim, mas ele sabe que a vida foi mais favorável a ele e não ao miserável que não tem nem o que ser roubado. Homossexual não é estuprado, é morto com bicuda na cabeça mesmo! Acordem dondocas!!!

Existe um monte de mulheres iguais a essa da padaria que usam a sua condição de mulher para fazer um inferno na vida dos outros, é importante que todo mundo saiba! No mundo existe homem que não presta, mulher que não presta, bissexual que não presta e gay que não presta e pra eles, todos nós temos que ter o direito de nos defender. Os gays dessa padaria não reagiram pois eles sabem que uma mulher é tratada feito uma abelha rainha, você não pode triscar: ou você é acusado de ser estuprador ou você é acusado de ter cometido violência contra mulher.

Agora eu gostaria que as feministas de plantão respondessem: e se esses homossexuais não tivessem gravado o comportamento dessa mulher?
Respondam!

E tem mais: é capaz dos homossexuais que trabalham no lugar perderem o emprego por conta dessa flor de mulher.