Gay na velhice

Esse vídeo no #Tiktok diz tudo como eu me sinto sendo homossexual e gostado de heterossexuais nessa vida. A imagem do vídeo e o trecho da música escolhida são perfeitos, eles passam poder e tristeza. Poder por uma pessoa conseguir chegar aos 60 anos num planeta homofóbico, tendo que conviver com o fato de que as pessoas só lhe querem para ser o palhaço da corte ou como conselheiro ou como banco…

Tristeza por descobrir que nenhuma pessoa que lhe atrai, gosta de você. Tristeza por descobrir que a sexualidade que você têm, é proibida pra sempre, tristeza por saber amor não existe, o que existe é gente programada para ser reprodutora do rebanho e outras não…
A gay velha passa no vídeo exatamente como nós passamos pela vida: olhando todos terem sexo, dinheiro e amizades , enquanto ela mesmo não desfruta de nada disso. Ela usa um vestido branco meio rosado que simboliza a pureza no amor, a busca de um amor que não a machuque, a vida fora dessa vida, a preparação para a felicidade na morte, a brisa que bate nela e em seu vestido representam a possibilidade de existir a espiritualidade ou a vida fora dessa, o ocultismo, trazendo um consolo hipotético de quem sabe, talvez, na outra vida, ter o fim dessa ‘punição’ que a assola na falta de carisma sexual afetivo, na falta de “querência”, ela é um universo à parte passando pelos outros rumo ao mar do sentimentos represados.

@elferchomartin

High By The Beach ##Viral ##Lanadelrey ##video ##fyp ##foryou

♬ High By The Beach – Lana Del Rey

Ela passa por todos e todos ficam indiferente a ela, exatamente como nós.
Surge mesmo assim um ar de superioridade, pois mesmo ela sendo indesejada por todos, a vida dela continua, ela sonha em existir uma outra vida onde ela possa ser uma pessoa que ame podendo ser amada por quem ama, é apenas uma esperança.

De tanto eu ver essas coisas de espiritualidade, ocultismo e afins acabei vendo o vídeo do canal de EQMs https://www.youtube.com/watch?v=k8tesSAGu9c onde um cara dizia ter visto os seus familiares antes mesmo dele ter nascido, de tanto ficar com isso na cabeça, sonhei que eu forçava a barra para ver a luz que os outros chamam de Deus, ela ficava atrás de mim e me controlava me impedindo de olhá-la, não emanava amor nenhum nem ódio, parecia aqueles sonhos que você programa ter porque quer ter muito aquela situação, então perguntei à luz por que eu era gay nessas condições de pobreza a humilhação severa, a luz deu uma de hetero, me ignorou e não falou absolutamente nada.

11 thoughts on “Gay na velhice”

  1. Veja o canal dessa trans: https://youtube.com/c/N%C3%A1thaliedeOliveira

    Ela provavelmente não vai passar na vida tipo essa gay de cima, ela fez os corre dela pra ser quem se é, não é de família rica e nem nada, fez uma cirurgia na tailandia pq ganhou um curso de miss trans, é desejada por heteros pq é linda e deu sorte de nascer linda e fazer a transição cedo todavia a vida não é tão escrota com ela assim, mora ma suíça e tem um namorado hetero sim hetero por mais incrível que tu possa imaginar

    1. A Náthalie é trans, mora na Suiça, assim como a Roberta Close e é nova e branca. Além disso, eu não vi o namorado que ela conseguiu se assumindo trans. Vocês que falam aqui, eu até já comentei isso em outras oportunidades, quando afirmam que fulano é assim ou assado e está com um ‘hétero’, quando eu vou ver o tal ‘hetero’, eu caio para trás pois o cara sempre parece aqueles bailarinos da Madonna em Blond Ambition Tour ou aquele jogador com cara de moça James Rodriguez, ou então é tipo o pastor Feliciano, eu tenho até medo de ver. ‘Heteros’ assim, se eu me arrumar, eu pego lá no Shopping Frei Caneca, acontece que pra mim, eles não são heteros que me satisfazem afetivamente e sexualmente. Tanto é que eu nunca senti inveja de marido de travesti, agora quando eu vejo aqueles namorados assanhados de porta de faculdade que ficam aos beijos com as suas namoradinhas, aí me dá uma inveja danada pois é aquilo que eu queria.

      1. Estou querendo dizer que se seu problema afetivo te corrói tanto faz algo, guarda cada centavo para fazer uma cirurgia de resignação sexual, coloca silicone parcelado em mil vezes, se fizerem chacota de você foda-se, você tendo o que os heteros gostam não importa, homens só quer fuder e pronto afetividade é em raros casos e mesmo assim eles querem sexo com qualquer uma todas que os deixa sexualmente excitado, tenha algo que eles querem, pare de reclamar lamurias e o caralho a quatro faz algo se você não tem o que perder tenta se der errado ai ok tu tem razão mais faça tenta, nunca é tarde sua mãe não está uma senhora e mesmo assim conseguiu uns machos, você fazendo sua cirurgia provavelmente você consiga também; ficar fazendo textos reclamando e pedir pra espiritos ou sei lá o que uma resposta, tenta agir ser alguém mesmo com todas as adversidades que foi colocadas em seu caminho, o mundo não é exatamente como você pensa existe várias oportunidades, independente de quem você seja mais é preciso agir ser, mata essa vontade de conseguir um macho hetero que tu goste, não importa como se é da forma que você sonhou ou não, mais alcance consiga não importa como

        1. Honestamente eu já tive inveja de marido de travesti, já conheci alguns que tinham aquele olhar forte e energia marcante de hétero, mas estavam com as travestis pq eram sustentados por elas, ou seja, gigolôs. Claro que não é a mesma coisa de uma pessoa estar contigo pq gosta ou se sente atraído, mas saber que elas tinham aqueles machos pra se satisfazer, nossa!!!! A inveja batia!
          Mas já conheci sim, algumas com maridos afeminados ou sem graça que eu não senti inveja nenhuma kkkkkkk Mas existe sim amigo os dois casos.

  2. Me surpreende você ter conseguido chegar aos 40 com essa vida desgraçada, sério. Eu vou ter paciência até os 30, se nada der certo, se eu não me atrair por um gay ou bissexual, é su1cíd10 na certa!

          1. Eu tenho 26 e tenho plena convicção que não vou conseguir nunca me conformar, pelo menos no meu caso. O máximo é tentar fazer tudo ser um pouquinho menos deprimente, de qualquer maneira que eu conseguir…

  3. Gente, eu não acredito que vcs estão esperando um “hétero” cair do céu e se apaixonar por vocês! Até quando isso? “Se suicidar quando tiver 30 anos?” Aiai… É cada coisa. Vou falar a mesma coisa que o amigo “Uan” disse aí em cima: corram atrás então! Vão fazer a transição de vcs, porque hétero nunca vai se apaixonar por vocês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *