A reencarnação do Satanás

Gente que nem eu que é homossexual procura na internet assuntos para se distrair da vida ostracista que tem. Ontem o meu patrão recebeu no celular uma mensagem de uma novinha que queria que ele descontasse toda a força dele em cima dela para “aliviar”… Enquanto isso eu faço blog e fico pensando em assuntos exotéricos que não me levam a lugar nenhum.

Um assunto para tentar explicar a minha vida podre é a reencarnação, se esse negócio de reencarnação existir, eu devo ter muito o que aprender com a minha, sim, a minha reencarnação é a reencarnação do próprio Satanás:
Eu a vida toda só consigo gostar daqueles homens heterossexuais que cospem no chão quando um viado o olha,  sabe aquele tipinho eleitor de Bolsonaro? Pois é, quando vejo já estou apaixonado por um. Quando eu gosto de um rapaz ou sinto atração sexual por um eu logo me pergunto: será que é nazista, racista, homofóbico, sociopata ou tudo num combo só? Até hoje eu não encontrei cara bonito/atraente que fosse bom, só gente feia que é gente boa, gente atraente é cruel porque desde cedo cresce manipulando todo mundo com a sua beleza para consegue o que quer. Eu nunca vi uma pessoa bonita parar seis meses em um emprego de pobre, ela sempre sobe até onde o céu permite.

Resultado de imagem para coroa putaAinda por cima eu nasci na casa de uma prostituta, nada contra a minha mãe ser puta, embora eu não tivesse ficado exatamente feliz quando ela saiu com um “amigo” meu de 15 anos quando eu tinha 14 , ele sempre que podia fazia piadinha sobre isso jogando essa situação nojenta na minha cara. Ele gritava na rua como se tivesse gritando para outras pessoas mas era pra mim: “Ei! Comi sua mãe! Ei , ei ! Comi sua mãe!”
Pois é, deve ter uma lição espiritual muito bonita para mim, não é mesmo? Minha mãe puta, que sai com geral e eu condenado a ser virgem para toda a eternidade da via láctea! Não é legal? Esse contraste desgraçado deve ser para eu evoluir não é? É a reencarnação do Cão, do Satanás!

Eu hoje tenho praticamente 50 anos e nada mudou: continuo recebendo conselhos dos outros me dizendo que eu tenho que gostar de mulheres ou virar travesti ou me casar com uma bicha. Enquanto eu me apaixonado por caras chamativos e machos como Leonel Messi e André Schürrle, o que no máximo aparece pra mim, quando eu me arrumo muito, mas muito mesmo, são homens assim tipo Mateus Carrilho e Marco Feliciano, para a maioria dos gays convencionais, homens como Feliciano e Carrilho são o suficiente para lhes causar extrema felicidade, pra mim não, é sério!

A vida toda eu fui mais desprezado do que jiló em final de janta e resto de cerveja quente, ninguém quer. Eu sou um repelente para homens, onde eu chego eles vão embora ou se sentem desconfortáveis, eu vejo todo dia mulher por aí nas redes sociais reclamando de assédio, eu não sou assediado nem pela mosca que pousa na bosta do cavalo do bandido.

Resultado de imagem para miséria nos estados unidosAlem de tudo, eu sempre fui uma pessoa pobre, a minha mãe por não ter estudo algum, nunca foi capaz de morar por mais de 10 meses num local sem ser despejada, afinal dinheiro de prostituição não banca aluguel, ou a gente morava em malocão ou em um prédio abandonado qualquer se não quisesse ir pra rua. Minha mãe quando queria um favor, dava  buceta e pronto. Agora eu, quando quero uma coisa, tenho que fazer uma força desgraçada, macho nenhum me dá nada. Vocês sabem que uma vez eu gostava de um rapaz chamado Alex, eu tinha uma amiga muito fogosa que ele queria comer, ela um dia pediu a ele(Alex) um dos filhotes de pitbull que a cadela dele havia acabado de ter, ele prontamente falou que ela poderia pegar quando quisesse. Fui eu pedir um filhote para mim a ele também, mas pra mim ele falou que venderia…
São pequenas atitudes como essa que mostram o quanto você é desprezado por não representar sexualmente nada para ninguém. Pra quem transa todas as sextas e sábados isso pode parecer curriqueiro, mas pra mim que NUNCA transei, namorei, peguei na mão, beijei, dei selinho ou coisa parecida, isso se torna uma punhalada na autoestima.

As vezes eu ando nos lugares e vejo rapazes que me dão muita vontade de agarrar ou mesmo testar como é dar carinho, mas eu engulo seco, finjo que sou uma pedra, não posso dar vasão a sentimento algum pois, como eu já relatei nesse blog, isso já me custou um linchamento uma vez. Sempre que eu esboço em investir em ir atrás de quem eu gosto, sempre as coisas acabam em encrenca das bravas, por isso, quando sinto vontade de namorar ou transar, guardo pra mim, me recalco ou então eu vou me masturbar vendo aquelas mulheres sendo comidas no xvideos. Sim, eu no Xvideos eu só vejo a parte hetero, a parte gay me broxa, me dá vontade de rir.
De um tempo para cá eu ando é ficando diabético, com os ossos quebrando sem mais nem menos, sei lá, parece que meu corpo nem mais quer viver, pra falar a verdade, nem eu mais quero viver, vivo porque tenho medo de me matar.
E confesso uma coisa supersticiosa a vocês: sempre que eu me deprimo e tenho vontade de me matar, um monte de coisa ruim acontece comigo, desde marginal tentando me intimidar na rua até cachorro tentando me atacar. Com vocês acontece isso?

Resultado de imagem para reencarnação
Pois é, a pergunta que não quer calar é: se realmente essa desgraça de reencarnação for verdade, embora eu acredite que não seja, a minha vida é uma coisa à toa ? Tou aqui fazendo tudo pra no fim minha carne ter um defeito, apodrecer e depois morrer? É normal as coisas não tem sentido pra nada? Embora esses questionamentos sejam capciosos, eles me fazem querer acreditar em reencarnação. Afinal essa é a única forma de eu acreditar que talvez em alguma era do planeta eu tenha sido minimamente amado e não esculachado por tudo que tenha um pinto entre as pernas. Eu talvez daria tudo para saber o que é um homem que eu gosto e admiro tendo ciumes de mim, querendo matar ou se matar por mim, ficar magoado por mim. Hoje, tanto faz, como tanto fez, ninguém tem ciumes de mim, ninguém se magoa por mim, ninguém tá nem aí pra mim, não tenho poder sexual algum. Como eu queria ser aquela Rubi da novela mexicana viu! Linda, esperta, ambiciosa e amada por todos. Eu sou feio, burro, não tenho ambição e caí no total ostracismo, nem gente mais comenta essa merda de blog. Nem sei por qual motivo eu perco meu tempo escrevendo aqui a esmo pro nada.

Mas eu torno a perguntar, reencarnação existe? A vida é apenas isso que meu corpo vive pra no fim acabar podre debaixo da terra? Existe algo mais? Se existe reencarnação, toda essa patifaria moral que eu vivo teria algum motivo inteligente? O que eu ganho fazendo teatro de viado ostracista na terra se isso for verdade? O motivo da minha vida sexo afetiva ser miserável e flagelada tem ligação com algo inteligente decidido antes de eu nascer ou é tudo acaso?
Afinal, se não existe acaso, também não existe arbítrio. Por que eu tive que nascer viado, virgem vitalício contrastando com uma prostituta que tem quem quer na rua e às escondidas em casa? Pra que nascer com vontade sexual que não pode ser realizada. Pra que nascer gay? Eu sofro um pouco mais por ser gay e gostar apenas de heterossexuais, mas os outros homossexuais comuns não parecem ter uma vida muito feliz também. O homossexual serve apenas como o bobo da corte heterossexual, ele só serve pra fazer os outros rirem. Isso é triste.
Na minha outra vida eu fui nazista? Fui o Satanás? Bom, eu vou morrer e nunca saberei isso.

Ai! ai! Como eu queria ser uma pessoa rica, influente, bonita e bem amada por quem eu me interesso, mas enfim, isso é só para os deuses heterossexuais , a alta aristocracia reptiliana do planeta e não coisa destinada a um protozoário como eu! Eu me sinto por isso tudo uma mosquinha de banheiro: fraca e sem perspectiva de vida.

2 thoughts on “A reencarnação do Satanás”

  1. Isso tudo são provas, eu recebi uma leitura de vidas passadas donde ela disse que eu era uma mulher que traia muito , destruía relacionamentos , em resumo uma puta mesmo
    E quer castigo melhor pra essas quengas que quando reencarnarem nascerem gays pra passar vontade de ter homem e não poder?
    fora outras coisas pessoais que ela disse que foi incrível,não tem como não ser verdade

    1. Muito interessante! Se quiser fazer um texto mais detalhado sobre a sua experiência para postarmos aqui em seu nome, é só nos mandar via o e-mail que encontra-se em ‘About’!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *