Você gosta de viver nesse lixo de planeta?

A vida inteira eu fui humilhado pela minha desgraçada condição sexual: sempre visto pelos meninos que eu gostei como se eu fosse uma coisa a ser evitada, uma coisa que causa nojo. Na velhice em que eu estou eu nunca soube o que qualquer moleque de 12 anos hoje em dia sabe:  fazer sexo com alguém que eventualmente lhe interesse e namorar. Eu nunca soube o que é ser livre para demonstrar o meu afeito por algum miserável que eu gostava, mesmo assim vivi no meio de quem podia fazer isso livremente: minha mãe dava pra todo mundo, meus amigos comiam todo mundo, meus inimigos transavam com quem eles queriam, mas eu não!

A vida toda eu gostando de caras que sempre cortejavam as minhas amigas as tratando bem, enquanto isso, esses mesmo caras sempre me olharam com cara feia, me hostilizando, me vendo como se eu fosse um punhado de imundície.

Eu cansei! A maioria das pessoas normais vão pondo em si uma máscara desde a infância a consolidando na vida adulta, eu estou ao contrário: quando criança eu tinha uma máscara e agora estou cada vez mostrando mais o que eu sou! Qual a consequência disso?  Isolamento social!

Sim, os gays mais novos se acomodam em servirem de “daminhas de honra” ou pets para a suas amigas mulheres heterossexuais, o mundo já é pronto e desenhado para elas serem rainhas, ainda por cima ganham capachinhos gays para poderem esfregarem os pés quando estão por baixo, o gay aceita, afinal, a falsidade da mulher junto com a sua mania invasiva de ser, travestidas de simpatia, é a única coisa mais próxima de afeto que um homossexual consegue nesse planeta de merda. Sim, nesse mundo gay só se destaca de três formas: sendo capacho paparicador de mulher, inteligente ao extremo para ser força de trabalho fazendo favor aos outros ou sendo o bobo da corte. Só pra isso, tirando esses três papéis, nos restam apenas virar um eremita.

Nós gostamos de homens por ironia da vida afinal de contas, homens são os nossos arqui-inimigos desde muito cedo na infância e mesmo assim sentimos tesão nesses FILHOS DA PUTA que adoram exibir as suas namoradinhas brancas de chapinha pra todo mundo nas redes sociais.  Nós, eles tratam como se fôssemos doenças contagiosas.  Como eu posso não ter ódio disso? Eu não pedi para nascer assim! Eu não pedi para vir para essa MERDA COLOSSAL desse mundo onde só uns são contemplados!

Tem gente no meu blog que até me diz: vai lá, pague um cara para lhe comer! Porra! Eu não tenho nada contra quem fez isso mas pra mim me dá um ódio imenso!!!! Quer dizer que estar comigo é um TRABALHO que merece ser remunerado??? O cara que quiser dinheiro meu pra me comer, eu desejo já de antimão que ele tenha um CÂNCER no cérebro e que fique o resto da vida toda numa cadeira de rodas! São os meus votos de bondade para um filho da puta desses! Merece levar bala na cabeça um explorador desse!

As vagabundas já com 12 anos transam com quem querem e como querem, seja loiro, negro, rico, pobre, novinho, velho, jovem, famoso, anônimo, fardado, normal, enfim, quem elas quiserem. Os meninos de 12 anos é quase a mesma coisa, adoram transar com mulheres com idade para serem mãe e vó deles e eles conseguem! Agora eu tenho que pagar? Prefiro a morte!

Teve uma vez que eu estava tomando um ônibus rumo à estrada do M Boi Mirim em São Paulo, quando chegamos no bairro do Morumbi, eu comecei a olhar um cara que estava sentado próximo a mim, ele tinha um jeitão de malandro, ex candeeiro, um olhar sacana e ficou me olhando também, como eu nunca tive contato com sexo, homem e afeto em TODA GALÁXIA ,  o cara que nem bonito era me deixou louco, sabia que o cara era perigoso , mas pensei comigo mesmo: qual heterossexual atraente a nós não é perigoso? não é mesmo? Bom, aquele cara me olhava com um olhar de malícia, tipo um psicopata, eu estava molhado de tanta vontade de fazer sexo como uma puta com aquele vagabundo, depois, quando chegamos perto do destino, após ele me olhar muito e eu a ele, o cara vem e me pede cinquenta reais alegando que queria comprar pão e que se eu tivesse uma nota maior, ele poderia ajudar trocar pra mim! PUTZ!!!!!!!!!!!
Aquilo me FERVEU O SANGUE! A excitação que eu tive FOI PRA PUTA QUE PARIU!
Não respondi nada, fiz cara feia e deixei aquele vagabundo falando sozinho, desci do ônibus revoltado!
Porra! Se eu fosse uma vagabunda, o cara me estupraria e ainda me daria uns trocos, mas como eu sou viado, a coisa que ninguém da sociedade quer, como dizem por aí, aí é eu que tenho que dar um troco pra alguém me comer? É isso? Nossa! Isso me deixa com vontade de esquartejar o cara parte por parte e brincar com as tripas dele de tanta raiva!  Se uma mulher heterossexual maluca quisesse me pagar pra ir pra cama com ela, eu jamais aceitaria, afinal eu não gosto de mulher e não topo tudo por dinheiro não, mesmo eu sendo um fodido que a vida toda morou em cortiços!

É por isso que eu não tou ligando pra merda de isolamento contra vírus, é por isso que eu não tou usando máscara! Esses heterossexuaizinhos podem lutar pela vida deles pois é realmente uma vida linda, cheia de prazeres, de amor, paixão, festas, sexo que amortece muito a dureza da vida. Eles sim têm o dever de lutarem pela vida, afinal, a função deles nesse mundo parece ser essa mesmo, se reproduzir e dominar, mais nada.
Já eu, não me destaco em bosta nenhuma nesse mundo! Nem na bosta desse blog eu consigo destaque.
Fulaninho lá cria uma canal pra enganar o pai dizendo que é gay e ganha mais de 600.000 acessos em questão de dias. Eu tenho canais de 8 anos que não passam de 50 acessos por mês. Esse blog aqui e nem sei porque eu continuo escrevendo, nunca essa desgraça me adiantou pra porra nenhuma! Porra, o fracasso sexual nesse caso pra mim é tipo um vazamento não resolvido, uma infiltração: vai corroendo todas as áreas da sua vida e você não faz sucesso em nenhuma!

É por isso que eu quero que o mundo se acabe! Se existir vida depois dessa, eu não quero DE JEITO ALGUM voltar para essa merda! Quero acabar com esse esqueminha de reencarnação: vive bem em um mundo pra viver um inferno em outro. Cada um tem o direito de viver como quer! Não foi eu que inventei essa bosta!

O mundo só é legal, se você for mulherzinha, bonitinha, branca, com capinha, peituda e bundada, ou se você for um machinho fecundador bonito, caso contrário, o mundo não é pra você! Pode reclamar com os espíritas, com a mãe de santo, com Deus, com o demônio, com o buda, essas entidades tem coisa mais importante do que ajudar gays: elas estão ocupadas em fazer o Neymar e o Messi serem mais ricos, terem mais sexo, com possibilidade de casos extra conjugais enquanto pra você, nem alma penada aparece!

 

 

8 thoughts on “Você gosta de viver nesse lixo de planeta?”

  1. Eu ultimamente ando brincando com alguns heteros fdp de gostosos que “conheço” na vizinhança; crio uma fake no insta bem gata daquelas que eles largam tudo pra ter um beijo sabe, brinco brinco recebo nudes deles kkkkkk me mato depois vendo, e quando vejo eles na rua meio que fico: “ já te conheço pelado já sei de sua índole safado,pode me evitar que eu posso ter tudo de ti “ e essaé a vida chata das gays que gosta de hetero

    1. Eu fazia isso também no MSN e Orkut, o perigo é que sempre vai ter um que não vai te dar vontade só de “se acabar” mas sim de amar e namorar, lhe deixando deprimido. Sem falar que sempre vai o próprio Satanás no ouvido deles contar que você gosta deles, no outro dia, estão de cara feia para você sem você entender o motivo. Oh, como ele sabe que eu tou afim dele? Quem contou?

  2. Eu me deparei de quão ruim é ser gay quando fui refazer uma matrícula no colégio no ensino médio e na secretaria tinha um cara super atraente hetero, daqueles que da vontade de pular em cima e nunca mais sair; enfim fui fazer a matrícula e do lado dele tinha uma dessas coordenadora sei lá o que aquela vaca era, pois bem ela fazia as rematrículas e eu super de boa fazendo a matrícula com ela e por extinto dava aquele olhares perdidos nele e a bendita da vaca privilegiada ficava brava tipo fazia cara de puta ciumenta e falava de uma forma mais seca comigo, e a reação dele era tipo de ficar sério pq não podia fazer nada, ela foi seca até eu terminar a matrícula e depois que eu saia ela olhou pra ele dando risadinha de deboche sabe, minha vontade era de pegar os papéis e enfiar dentro da guela a baixo daquela vaca e daquele homofóbico

    1. São os homofóbicozinhos de Deus, as mulheres acham ruim e os homens tiram sarro. Você pode reparar, onde tem esses caras mais chamativos, ficam essas mulheres mais velhas rodeando feito moscas, todas sorridentes, claro, aquilo ali pra elas é emprego e oportunidade de sexo fácil. Emprego é exclusivamente para nós gays, só trabalho e trabalho… Pra hetero é um mundo de oportunidades sexuais, afetivas e profissionais.
      Bem provável que a tal coordenadora se fazendo de séria, já deu até cansar pra esse traste.

  3. Com toda certeza uma vida nessas condições é um verdadeiro dilema. Nossa!!!
    Eu já fiquei com cara mulherengo, que tinha namorada, filho, etc… que passava longe de ser afeminado, aparência de macho e tudo; rústico! Pessoa que você nunca vai desconfiar que já ficou com homem.
    Mas na minha cabeça esse ser nunca foi hétero! Porque pra mim a partir do momento em que um homem sente desejo por outro homem ele é, no mínimo, bissexual.
    Já me iludi com alguns heterossexuais? Sim! Mas sem saber se eles eram gays/bis ou não.
    E até hoje eu só fico com caras com jeito masculino. Mas se eu tô a fim de um cara e eu descubro que ele é hétero, eu já caio fora, porque sei que não vai rolar nada. Apesar que olhar não arranca pedaço né kkk, mas não crio expectativas.
    Penso o quão deve ser difícil pra quem se atrai só por héteros, nunca se sentir uma pessoa completa por não se envolver sexual e afetivamente com ninguém. Não consigo nem imaginar! Mas enfim…
    Achei seus textos ótimos, assunto muito bem detalhado e pouco falado no meio LGBT.

    1. Posso pelas mesmas situações que você, Brian. Mas eu tento pensar pelo lado positivo: o que é melhor? O que é pior? Ficar com essas caras mulherengos machudos que nunca vai passar de uma foda ou ter que conviver em um relacionamento com uma bicha com uma alma tão feminina quanto a sua? Eu prefiro a primeira opção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *