Se heterossexualidade é apenas gostar de sexo oposto como percebemos um hetero pela cara dele?

Tem muita gente idiota que fica de frescurinha romântica dizendo que a heterossexualidade e a  homossexualidade não pode ser medida pela personalidade mas sim apenas pelo o que a pessoa faz na cama, tudo para justificar a ideia estapafúrdia de que homens heteros  são exatamente iguais.  Olhem a figura desse homem abaixo, ele é o topo, do topo do que representa um homem heterossexual, se a heterossexualidade é só o fato da pessoa ir pra cama com uma outra pessoa de outro sexo, como podemos garantir que o tal homem é heterossexual? Não existe homossexual com esse olhar e esses traços, ele é hetero garantido e é esses tipos que nós desse site citamos o tempo todo.

-Traços poligonais quase deixando o rosto quadrado
-Olhar seguro e fixo
-Sem sorriso algum quase fazendo careta
-Cavidades no olho causando sombra como se fosse um braco
-Orelha quase diabana
-Não passa simpatia mas medo
-Queixos largos
-Jeito animalizado
-Entornos das sombrancelha salientes

Heterossexuais de verdade são inconfundíveis, é fato!
Tem algo neles que não tem nos gays.

2 thoughts on “Se heterossexualidade é apenas gostar de sexo oposto como percebemos um hetero pela cara dele?”

  1. Nós homossexuais com o tempo vamos adquirindo habilidades de diferenciar um gay de um hétero. Acontece muito comigo quando assisto um programa ou uma novela de perceber a homossexualidade presente em um determinado artista. Quando esse artista fala claramente sobre sua sexualidade, eu penso será que era só eu que já tinha percebido?…eu fico bobo o quanto as mulheres em geral não sabem diferenciar quem é quem, já vi mulheres sonhando em ficar, casar e ter filhos com caras homossexuais. Ainda mais agora que gays dominam as academias para ficar com corpo de boneco Ken da Barbie. E tem muito gay bobo se matando na academia para competir com as mulheres, iludidos acham que com um corpo perfeito vão pegar quem eles querem. Infelizmente por mais bonitos e atraentes que sejamos, somente atraímos outros gays e mulheres. Até mulheres transexuais, por mais femininas, tem que se contentar com um gay ou um cara que se diz bissexual. A trans Thalita Zampirolli disse em uma entrevista que no Brasil não conseguia relacionamento sério com héteros, viver um amor correspondido é um privilegio dos héteros.

    1. Só não concordo com a última parte. Acho que os transexuais, dependendo do grau de feminilidade, ainda conseguem pegar caras héteros, eles só não as assumem e não querem andar de mãos dadas, casar e formar família com elas. Agora no caso dos gays é que é foda mesmo. Tem que se contentar em quebrar a louça com outra bicha ou pagar pra sair com um cara que tenha o mínimo de feminilidade. Ainda bem que esse blog existe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *