A vida inteira sendo escorraçado pelos caras que eu gostei

Quem de nós não tem uma ‘amiga’ sortuda, linda e sexualmente exuberante que chora de barriga cheia? Sabe, aquela amiga mimada que fica triste querendo cortar os puços só porque o namorado dela tem outra ou porque o cara que ficou 4 anos ‘comendo ela’ (escrevo errado mesmo) decidiu parar de ‘pular o muro’ e ficar com a esposa. Bem esses draminhas  de mulher pra mim soam como se eu fosse um morador de rua fodido ouvindo ao lado da minha sarjeta o dono de uma Bugatti Chiron reclamar do quanto a vida é ‘ruim’ para ele só porque o LeCrans Hotel & Spa na Suíça onde ele queria passar a semana com a namorada, estava com as reservas todas lotadas… Oh, que vida cruel a dele, não é?

Pois é, a mulher reclama do cara que dá afeto a ela, tudo bem que de forma clandestina ou não exclusiva, mas o afeto e o tesão existe, pronto e acabou! Ter o reles aperto mão de um cara que eu gostasse, pra mim já seria motivo de comemorar soltando rojões, quanto mais ter alguém que vem à minha casa me encontrar para fazer muito sexo comigo e ainda de quebra me namorar, me beijar, eu acho que a emoção seria tanta que eu não aguentaria e teria um ataque cardíaco. Pra mim seria a dádiva dos deuses! Foda-se se o cara vai ficar com outra ou sumir de mim depois de tórridas noites de amor, o importante é não ser como eu sou hoje: sobrando mais do que jiló no final de janta e roupa social nas férias no litoral. Chega! Acordar e saber que o seu dia será só: sobreviver, tomar banho, comer e acordar de novo! Isso não é vida! Ser viado, ao contrário do que muitos evangélicos pensam, não é pecado, é penitência!

Quando eu tinha lá por volta dos meus 6, 7 anos, gostei do tal Alexandre Nilman, menino com olhos azuis lindos eu até levei pra conhecer minha casa, no final o cara se juntou com outros moleques e começou a me cuspir no meio da rua!

E o cara loirão albino que eu gostei lá do colégio Mackenzie da Consolação em 1999? Ficava me olhando as vezes, fui me declarar a ele de manhã no ponto de ônibus , ele levantou a mão pra mim e me mandou eu nem continuar a falar o que teria para dizer!

Também teve o Diogo maconheiro da Vila Mariana, fiquei fissurado naquele rapaz com cara de psicopata, me convenceram a mandar uma carta pra ele na época, feito um trouxa mandei, o cara gritou bem alto pra eu ouvir na frente de todo mundo: ‘eu não gosto de homem não seu galinha!’ Dias depois, por conta a fatos ligados à essa paixão, fui linchado por mais de 20 amigos deles levando bicuda na cabeça! Oh La La! A vida gay é linda, não?

Depois teve o Danilo pagodeiro, outro loirão, galã da nossa escola, eu fiquei arriado pela simpatia falsa que ele tinha, fiquei anos tentando reencontrá-lo pela internet, até que um dia eu o reencontrei e fui falar com ele no MSN com ajuda de uma amiga, ele ficou irritado, foi homofóbico comigo, ofendeu a minha amiga e ofendeu eu também, falou que ela era uma puta vadia e eu um viado, depois nos bloqueou.

Lembre também do vagabundo do Leo, um cara que eu gostava e que ele tinha a pachorra de perceber que eu o olhava só para beijar de forma desmedida a maldita namorada japonesa dele, parece que ele sentia um prazer sádico em me ver sofrendo por ele. Realmente um filho da puta muito grande!

Teve também o tal Alex, outro loirão galinha, me tratava bem por falsidade para me usar como ponte para pegar a minha ‘amiga’. A cadela pitbull dele deu cria, pra minha amiga ele deu um filhote de presente, já pra mim, eu fui lhe pedir um filhote ele só queria me VENDER e não dar como fez para a minha amiga, elem disso, quando eu reclamava com ele que ele chamava a minha amiga para jantar e não eu, ele falava rindo que poderia até me chamar mas a sobremesa seria para ela…
Depois eu fiquei sabendo que todo evento que ele marcava com a minha amiga, ele sempre se certificava se que eu não estaria por perto para atrapalhá-los…

Na sequencia teve o suboficial da PM Aurélio, sempre via esse cara no Orkut, ele me dava uma atração louca, tanto é que eu criei um fake para dar em cima dele, ele tratou meu fake muito bem, toda pessoa ruim trata as pessoas bem para conseguir o que quer, como eu sempre quis ser tratado: ele tinha ciumes, queria saber onde eu estava, o que eu fazia, queria ir atrás de mim a qualquer custo, eu pensava tanto nesse cara que me dava até dor de cabeça, sério! Adorava ve-lo sem camisa. Um dia chorando, não aguentei mais, me abri, falei quem eu realmente era, ele ficou abalado e eu também, me ignorou, eu fiquei literalmente doente. Hoje ele tem filhos e mulher e eu nada!

Anos depois veio Yuri, o pitboy da Vila Mazzei , também, fui doido pelo infeliz, me atrapalhava todo perante a presença dele. Um dia eu enganei um pessoal e consegui o telefone dele, liguei pra ele, ele me repreendeu, mandou eu não ligar mais, pediu que eu desligasse e por minha culpa jogou o chip fora e comprou outro!

Por ultimo teve o jogador alemão, fiquei fascinado pelo misto de ternura e masculinidade que aquele infeliz tinha, consegui o telefone do pai dele, atravessei literalmente o mundo por ele, cuidei do domínio do site com nome dele para que ninguém o pegasse, mandei cartas, e-mails pra ele e nada, achei o whatsapp da atual mulher dele e ela me ignorou, fui até a porta da casa da atual namorada dele só para conhecer como seria a casa onde eles viviam, passei muita raiva afinal ele nunca se quer retribuiu o esforço que fiz pra ficar um pouquinho perto dele. Só sabia ficar se exibindo com as suas mulheres no instagram e mais nada. Uma vez até tirou foto após ter relações sexuais com a namorada, postou no instagram e curtiu quando isso era modinha.

 

No meu emprego é BATATA, se eu acho um cara atraente e bonito, parece que o Satanás em pessoa vai lá nos ouvidos dele contar pra queimar o meu filme, no outro dia, estranhamente o cara me evita.
Estou falando sério, todo cara no meu trabalho que eu acho interessante, quando passa por perto de mim, olha em claro sinal de desaprovação para o sentido oposto, de forma a deixar bem claro que a cisma é comigo!

Bem teve muitos outros casos que eu queria colocá-los aqui mas eu nem vou falar pra não deixar o texto ainda maior. Só sei que a ‘contribuição’ de todos esses caras foi me deixar mais frio, violento e indiferente a necessidade dos outros, afinal se as pessoas são indiferentes com a minha dor, por que eu não posso ser indiferente com a dor delas? E ainda por cima, você com o passar do tempo vai se sentindo uma criança em corpo de adulto, afinal, todo mundo que você conhecia desde cedo teve filhos, se casou, teve vida sexual plena mas você não, continua lá largado feito bosta de girava no meio da savana, ninguém tá nem aí.
Quando muito, o que chega perto de você são mulheres interesseiras e mais nada. Homem? Esquece!

Tem um cara que vira e mexe eu o vejo no meio dos motoqueiros perto do meu trabalho, ele é muito lindo, eu sempre me esqueço dele mas quando eu o vejo, fico dias pensando nele de novo, mas que eu quero contar é que ele tem uma cara de ruim, de assassininho, psicopata que até doí, eu sempre prometo que vou o que sinto por ele, mas quando eu o vejo, nem lembro direito se realmente é ele, mesmo assim eu o olho de forma automática , quando vejo já estou olhando pra ele e ele então me olha com uma cara de nojo, de desprezo, de ódio, aí eu finjo que não reparei. Mas dói, dói muito gostar de quem sente nojo de você!
A ultima vez que eu vi esse rapaz, ele estava, não sei por qual motivo, mancando de uma perna, isso deixou a visão dele para mim mais humanizada, mesmo assim ele me olhou com cara de quem estava de saco cheio de me ver, ele tem uma presença poderosa e pra quebrar o clima e descontrair, pensei comigo: “está mancando pois deve ter dado o cu até cansar!”
Claro, falei isso em pensamento brincando, afinal o cara é bem hetero mesmo, não tem nada de feminino ou gay nele, além disso, tem cara de quem mexe com coisas erradas diz a minha intuição.

Enfim, ninguém que eu gosto gosta de mim.
Por isso todas as noites penso na morte com certo saudosismo.
Vejo o coronavirus com certa esperança de morrer, afinal na casa
dos 50 anos, virgem, sem nunca ter tido absolutamente nada com quem
eu gostei, é mesmo que estar morto em vida.

 

 

2 thoughts on “A vida inteira sendo escorraçado pelos caras que eu gostei”

  1. Realmente sobre os homens já saberem que sentimentos um algo a mais por eles, é como se fosse um diabinho falando mesmo mas na real é extinto mesmo é natural deles, é estranho pra nós pq nunca usamos o jogo da sedução já eles sempre estão jogando e por isso eles sabem quando tem um bichinha afim deles só com um simples olhar, são cruéis eles ignoram mesmo, eu ignoro tbm por mais atração fdp que eu sinta, faço de tudo se tiver ao meu alcance para chamar a atenção de alguma forma tipo sendo inteligente ou extremamente educado e delicado, isso meio que deixa eles excitadinhos

    1. É… Realmente, eles realmente devem ter uma vida sexual mais complexa e aguçada que lhes permite saber quem está afim ou não deles.
      Chega ser irritante: você acha o homem bonito, no outro dia parece que ele se enfurece com você sem ao menos você confessar o que sente.
      Parece o Satanás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *