Inveja dos casais de namorados na rua

É sabido que vira e mexe eu passo em frente a faculdades e vejo aqueles rapazes bem do jeito que eu gosto se esfregando e beijando aquelas meninas, aquilo me ofende tanto, eu fico tão pra baixo, deprimido e triste, não tem o que me console, eu volto pra casa pensando naquela situação com isso vou dormir revoltado. O pior é que toda hora aparecem casais de namorados perto de mim, parece uma provocação causada pela matrix.

Hoje eu fui sair pra comprar coisas no mercado pois a minha mãe sofreu um AVC isquêmico quase assintomáticoe perdeu parte dos movimentos, com isso eu tenho que fazer mais coisas na minha vida tão triste.

Então ao voltar do mercado eu vi na minha frente um casal que estava de costas para mim e que também havia feito compras. Tive tanta inveja, tanto ódio: a mulher era baixinha, nova, barriguda e com uma criança, o homem é loiro, pernas peludas, alto, meio fortinho mas não gordo, trajava bermuda e estava de chinelo, fiquei imaginando aquela mulher se deliciando na cama com aquele cara grande pro tamanho dela em cima dela fazendo de tudo…
Que inveja corrosiva eu tive naquele momento!
Comecei a praguejá-los mentalmente como faço com todos casais heteros que eu vejo, afinal, enquanto aquela mulher poderia se deliciar da maneira que a criatividade dela permitisse na cama ou em outros locais com aquele homem de pernas tão chamativas, eu tenho que fingir que não tenho desejo sexual algum, tenho fingir que não sinto afeto por ninguém e ainda por cima agora tenho que cuidar da mãe doente que tem uma doença que eu também estou perto de ter!

Por que tudo isso acontece comigo enquanto pessoas que fazem coisas muito mais ruins e negativas do que praguejar como eu faço, têm vida sexual, financeira e afetiva muito rica?
Por que?

 

 

2 thoughts on “Inveja dos casais de namorados na rua”

  1. kkk não acredito que caí de novo nesse blog, eu estava pesquisando outra coisa. cara, é você de novo? com outro blog? as mesmas lamúrias de sempre, as mesmas histórias da mãe, as mesmas suposições erradas sobre héteros, a mesma depressão de sempre, a mesma ingenuidade, a mesma doença, a mesma inação… cara, você é doente. quase 50 anos nas costas e revivendo constantemente o passado assim, não pode ser normal. não entendo quando diz que abaixa os olhos pra não olhar para os héteros, sendo que vc só tem a masturbação para te libertar… se eu tivesse a sua vida infeliz, aí que eu ia olhar mesmo pra esses caras. pelo menos eu ia ter material pra minha imaginação. você criou toda uma fantasia do mundo maravilhoso dos héteros na sua cabeça para justificar a sua indignação com o mundo, com deus, com os ets ou com qualquer coisa. você não aceita ser gay e não aceita que ninguém seja. não aceita nem os héteros que você tanto ama. se algum desses héteros te pegasse de jeito e te desse uma boa surra de pica, você não ia gostar porque aí, eles não seriam mais héteros, certo? suas fantasias estão muito distantes da realidade. você já deu a bunda alguma vez na vida? tipo, bem gostoso… rebolando numa pica? sério. vai dar a bunda pra alguém. você vai gostar muito e vai ver o resto da sua vida com outros olhos. mas não, você quer dar a sua bunda pro mauricinho da escola. pode ser o homem mais másculo do universo, sabe? mas se ele te comer, ele não é mais hétero. entende o paradoxo da sua vida? que vida triste. e não me desculpo por ser grosseiro porque você precisa aprender do jeito mais difícil. vc precisa de uma rola, rapaz! você não gosta de héteros. você gosta de héteros psicopatas, homofóbicos, violentos… por que não mexe com um hétero bem violento pra ele te enfiar uma faca nas costas? será que assim você paga a sua pena de ser gay? não tem coragem pra nada você. só lamuriando… a sua mãe é que soube viver, dando a buceta dela. você devia aprender mais com ela, e não só criticá-la. não gostou do meu comentário? é exatamente o que você faz nesse blog, você diminui todo mundo, só reclama da vida e não faz nada pra melhorar. não desejo melhoras pra você. já passou da hora de você acordar. sim, eu li os seus outros blogs. você dizia que era deserto, mas quando alguém ia comentar e iniciar uma conversa, você não gostava e enxotava a pessoa de lá. triste, triste… sério, vai dar a bunda, não espere mais. você precisa demais disso.

    1. ‘se algum desses héteros te pegasse de jeito e te desse uma boa surra de pica, você não ia gostar porque aí, eles não seriam mais héteros, certo? ‘

      Errado! Existe uma página inteira onde eu desmonto esse silogismo usado por você, acesse:
      http://odeiosergay.com/heterossexual/
      e entenda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *