Hoje eu senti sem motivos ódio e nojo de um motel…

Eu hoje tomei a liberdade de me dirigir à loja Leroy Merlin para comprar alguns utensílios para a minha casa, acontece que trás da rua do tal estabelecimento, perto de uma rua de subida íngreme, existe um motel preto chamado Motel Swing. Não sei se por causa da minha sexualidade ser boicotada e falida  ou por culpa de alguma alteração química em meu cérebro, comecei a sentir nojo daquele lugar, eu vi que saiam carros do tal motel mas o meu nojo foi tanto que eu não quis nem olhar.

Sabe… Me veio à mente(alguns vão falar que me chegaram energias) todas as histórias de adultérios que aquele local deve ter abrigado em sua existência: mulheres que enquanto os seus maridos saem para trabalharem, vão ali movidas por um sentimento vil e efêmero atormentador, acompanhadas pelos ‘amigos’ do marido e que depois voltam para as suas casas vestidas com uma alegria suja e viciada cheirando sangue.
Homens que não respeitam as suas mulheres , procurando coisas novas por aí, também deveriam permear aquele local.  Por tudo isso imaginado, eu me senti mal, ruim, com ânsia que inclusive sinto até agora ao pensar naquele local.

De tanto eu ficar procurando motivos sobrenaturais para o meu problema de ser gay e só me atrair por homens que gostam de mulher, algo igualmente triste, sórdido e fantasioso me veio à mente ao passar em frente aquele motel, era assim:
— “Você quando era rico também fazia isso em outras existências…”

Não me perguntem o nexo temporal  e lógico dessa frase que eu senti pois eu não vou saber responder, eu só sei que automaticamente respondi a mim mesmo que nunca mais eu queria aquilo para a minha vida! Com isso eu me senti um criminoso que esconde o corpo de quem esquarteja tendo uma chance de um recomeço limpo. Bom gente, o que eu relatei aqui é fruto do mundo das emoções, dos achismos, das induções que sofremos ao consultarmos essas baboseiras do Youtube, portanto não saiam afirmando por aí que eu acessei uma suposta vida passada que justificaria a vida de protozoário fecal que eu tenho.

Em outro momento, no mesmo dia, eu vi um alemão na rua acompanhado de amigos e amigas, ele era do jeito que eu gosto, baixei os meus olhos logo que o percebi, fingi que não o vi, afinal eu detesto olhar homens que me atraem, eu já sei que eles não vão me corresponder mesmo e por isso só vão aguçar ainda mais a minha cólera contra vida que eu tenho. Se o que me faz sofrer vem dos olhos, eu os arranco e os jogo fora.

 

 

2 thoughts on “Hoje eu senti sem motivos ódio e nojo de um motel…”

  1. Faz sentido o que vc ‘ouviu’. A vida parece forçar pessoas como você a olhar para outras direções. Talvez vc tenha abusado da sexualidade em outras existências.

  2. Tô achando que minha vizinha vai nascer viado na próxima vida…
    Vive chifrando o corno do marido, tem 1000 amantes um deles acabou de pagar uma cirurgia plástica pra ela e o outro mobiliou a casa dela, o corno do marido nem desconfia, e ela é amada, os caras colocam anel na mão dela e tudo. Enquanto isso vejo muita menina linda q não é valorizada mesmo tendo os caras no pé, são só pedaços de carne pros mesmos. O que me leva a conclusão que homem merece é chifre, e minha vizinha vai nascer viado na próxima vida pra parar de abusar da sexualidade, destruir famílias e manipular pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *