A vagabunda teve uma filha do cara que eu gosto. Lástima!

A fina flor da rejeição
Ao contrário dos outros gays sortudos que conseguem gostar de outros gays insossos como eles, eu nasci com a desgraça do cérebro gostando só desses filhos da putas barnabés desses heterossexuais do caralho.
Qual não foi a minha surpresa hoje ao descobrir que a modelete boca de coringa estava a um tempão gravida do cara que eu gosto! Agora a infeliz decidiu postar as fotos da barriga de elefante dela por aí nas redes sociais, já o infeliz do hetero vagabundo, decidiu postar as fotos dos pés da filha recém nascida dele por aí, ainda por cima deu um nome escroto para a criança.

Como eu fiquei abalado! Sem chão! Eu já deveria ter me acostumado a saber que todas as pessoas que existem no universo trepam, fodem, fazem sexo com quem escolhem como mais uma opção de divertimento na vida mas comigo é diferente, eu nasci pra ser pobre, comer, dormir e na melhor das hipóteses trabalhar!

É sempre assim, eu vou lá, me apaixono pelo cidadão, fico anos pensando como seria bom estar ao lado dele, fico me iludindo, apaixonado, feliz por viver apenas por uma crença falsa que é ser homossexual e sentir que alguém realmente importante para você vá gostar de você, você se esforça para demonstrar o seu amor, faz loucuras, atravessa o planeta com dinheiro emprestado parcelado em 500 reencarnações pra no fim levar um tabefe desses na cara: ou a pessoa te dá um gelo, ou a pessoa te espanca, ou a pessoa te despreza, ou a pessoa faz tudo isso e ainda fica ao lado da mulher que gosta na sua frente só para ter o prazer em lhe ferir por dentro. É sempre assim, a experiencia com homens pra mim é absurdamente traumática, negativa, lastimável, eu sempre acabo numa situação desoladora enquanto todos saem vitoriosos!

Realmente a vida parece ter os seus preferidinhos: veja eu, nasci feio com essa maldita praga de ser homossexual e gostar apenas de homens de verdade, tanto para me atrair sexualmente como afetivamente, sou pobre, tendo uma mãe prostituta que tem tudo aquilo que eu sempre quis ter e não teve, eu vivo me apaixonado feito uma garotinha idiota por caras que são milhões de anos luz diferentes e superiores a mim e sempre recebo isso: desprezo, indiferença ou vários tipos violência diferentes. Pode não parecer, mas um cara que você gosta ficar propositalmente do lado de outra mulher na sua frente, rindo e feliz é uma forma muito cruel e violenta de te atacar, ainda mais se ele engravida outra mulher maldita e você fica sabendo.

Eu fico pensando , aquele cara que eu gostava , o que ele deve ter feito com a filha da puta para engravidá-la? Sele que ele subiu em cima dela e ficou transpirando de tanto se esforçar? Será que eles gritavam de tanta transarem? Como começaram? Que horas foi? Quando terminaram? Quantas vezes chegaram ao orgasmo enquanto eu estava trabalhando ou escrevendo uma merda de blog? Pois é, o ser humano é cruel! Ele sabe que isso causa sofrimento em outro mas o sofrimento do outro o faz ter mais prazer ainda. Como se estivesse dizendo:

–“Olha, eu NÃO gosto de você porque você é um lixo, quem eu gosto está do meu lado e somos muitos felizes, é disso que eu gosto! Mulher! Está vendo?”

É… Sempre a minha foi e será assim! Eu preferia ter nascido aleijado do que uma merda de homossexual que só gosta de quem o odeia! Nunca! Nunca! Em nenhuma vez, mesmo quando eu gostei de pessoas pobres iguais a mim que moravam em favelas e que as vezes até fediam, mesmo assim, ninguém se quer esboçou me corresponder, nunca! Sempre todos as pessoas ao meu redora tinham quem queriam mas eu, eu era feito apenas para trabalhar, comer e dormir , mais nada!
Agora a vagabunda lá, nasceu num país rico, sendo mulher, modelo, levou uma cantada e em poucos dias estava lá na cama de um cara que eu gostava sem precisar fazer nenhum esforço. Ainda por cima é ajudada financeiramente por ele e depois de um tempo trepam e têm um filho maldito.
Olha só a diferença: existem pessoas predestinadas ao sucesso e outras predestinadas ao fracasso, é por isso que o meu ódio contra a minha vida é enorme. Como eu gostaria de morrer! Morrer e se descobrir que alguma entidade sagrada existisse, eu gostaria de escarrar o mais podre catarro na cara dessa desgraça que me mandou nascer nesse estado lastimável e amaldiçoado que é ser homossexual no planeta terra!
Enquanto eu apanho na rua por ser viado, a vagabunda tá lá com tudo pago, abrindo as pernas , ganhando dinheiro e tendo um filho para garantir o seu futuro!

Nossa! Como eu me sinto rejeitado! Como eu me sinto sujo e infeliz! Eu me sinto na merda, na pior, por baixo, podre e asqueroso por não ter o direito de não ter nada com ninguém, eu me sinto uma vítima de guerra retratada num livro antigo mostrando como as pessoas sofriam nessa época. Como eu daria tudo para sair nessa realidade de rejeição e sofrimento! Como eu queria acordar e ver que tudo foi um pesadelo!

4 thoughts on “A vagabunda teve uma filha do cara que eu gosto. Lástima!”

  1. “boca de coringa” kkkk. Não subestime aquela boca. É com ela que a espertinha engole o caralho dele, e provavelmente até as bolas cobertas de pelo alaranjado também kkk. Mas mudando de assunto, adoro aquela capa de disco. Obrigado por me recordar! abcs.

  2. Mas convenhamos: ficar “abalado” e “sem chão” porque uma celebridade teve um filho é coisa de mocinha de 11 anos, hein? Vc realmente precisa de ajuda. Veja que uma coisa é sentir tesão apenas por homem hétero (ok, é estranho, e talvez até o único caso no mundo, mas vamos dizer que é isso mesmo, não vou contestar). Agora outra coisa beeeeeem diferente é sofrer por seres que, para todos os efeitos práticos, só existem nos noticiários. Você vive um mundo de ficção, desculpe a franqueza. E talvez até esta sua fixação em héteros também seja parte dessa sua tendência a fantasias exacerbadas, será que não? Como ter certeza? Se uma coisa esta fora de proporção, a outra pode estar também, não? Imagino que seja bastante difícil encontrar um profissional que realmente lhe entenda, e que possa fazer algo de realmente útil por você. Mas acho que vc deveria insistir.

  3. Mas sabe que eu tenho que dar o braço a torcer? sempre vi as fotos dessa cara aqui no blog, e achava ele feio demais. Não conseguia imaginar qual é a atração. Nem que ele me pagasse eu iria querer. Não é meu tipo mesmo. Só que seguindo indicação desse post, eu entrei no tal canal youtube da racha (que é realmente uma coisa ridícula) e vi o André pela primeira vez em vídeo. Nossa, mas ele é um MACHO. Agora eu entendi porque o blogueiro gosta tanto. O homem tem uma coisa que pede carinho e proteção, todo suave e com uma elegância natural, altivo, e ao mesmo tempo exala litros de masculinidade por todos os poros. Macho alfa mesmo, completo. O homem é realmente bom, eu tenho que admitir. E a mocinha boca de coringa não é nada boba mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *