Hetero

No gays allowed

Para mim, um rapaz ser heterossexual não é só o fato dele gostar de fazer amor com alguém do sexo diferente, não é tão simples assim, embora a sexologia tradicional classifique as coisas dessa forma simplista, se isso fosse verdade, nós não distinguiríamos um rapaz hetéro de um gay andando na rua só pelo olhar ou pela conversa, seria necessário perguntar a sexualidade dele ou ir pra cama fazer sexo para tirar a dúvida. Eu acho que ninguém faz isso, faz?

Existe todo um estilo que separa o homem heterossexual que me atrai de um homem gay, seja ele um homossexual masculinizado,  bruto,  usando barba (tipo o Paulo Guina do Pai de Família), seja ele delicado e discreto, nenhum tipo me excita, eu posso vê-los pelados inclusive que pra mim não repercute em nada. Gay pra mim é mulher, seja ativo, másculo, urso ou pedreiro, simplesmente não me “dá química”.

Eu não sei especificar muito bem, mas homens héteros, a grosso modo têm um olhar mais seguro, são mais violentos, possuem as partes do corpo mais duras, gostam de arriscar mais, gostam de ser homens, não querem se destacar ou competir usando a inteligência mas sim a força ou destreza, apreciam falar gírias de adolescentes e bandidos, não conversam sobre detalhes emocionais, gostam de andar de pés abertos, tem uma fisionomia mais pesada, são mais calados, dormem fácil, adoram exibir a força do seu corpo, andam gingando feito gorilas,  são escravos de ritos sociais como por exemplo chegar num local e dar a mão para cumprimentar todo mundo, gostam de rap, futebol e se divertem fazendo brincadeiras e gestos grosseiros sem muito nexo.
Ao contrário de um homem gay que sempre se inspira em uma diva para agir, o homem hetero se inspira em outros homens que representam a agressividade, a brutalidade e até mesmo a contravenção. Homens gays gostam de vender a ideia de que são éticos, mais inteligentes e com maios poder de argumentação do que o outro, já os homens héteros não fazem questão de serem éticos, são geralmente conservadores , machistas e a lei é o que o seu grupo de amigos decidir que é, seja errado ou não. O homem gay geralmente olha para os outros com um olhar de busca de aprovação social ou insegurança, o homem hétero olha como quem estivesse enfrentando e disposto usar a força para subjugar o outro.

O rapaz gay pode perder horas e mais horas vendo clips de sua diva favorita, geralmente uma mulher que faz sucesso ou que tenha personalidade forte que ele busca ter em si,  já o homem heterossexual perde horas e mais horas acompanhando eventos esportivos, ele gosta de aprender lutas para poder ser o líder de outros machos ou mesmo ter o destaque entre eles.  O heterossexual desde pequeno aprende que para conseguir atenção da sociedade, ele tem que ser violento, audacioso, entrão, folgado e não respeitar muito as regras. Já o homossexual desde pequeno é maltratado, costuma se isolar e se diferenciar do mundo para conseguir atenção dele, ele faz isso passando de alguma forma que ele é superior aos outros por algum motivo: ou ele é mais inteligente, ou ele é mais rico, ou ele é mais exigente, ou ele é perfeccionista ou mora no melhor bairro, mesmo que seja tudo mentira.

 

Como reconhecer o heterossexual que o dono desse blog tanto fala?

É simples, basta ver os trejeitos,  o fenótipo e a personalidade desse rapaz do vídeo abaixo, não existem gays com o trejeito e a personalidade igual a dele. Logo de cara você percebe que o rapaz é super heterossexual sem precisar ser grosseiro:


 

Não é o rótulo de heterossexual que me atrai mas sim a personalidade

Eu já reparei que entre cães e gatos os heteros têm o comportamento mais parecido com o de cães e os homossexuais têm o comportamento mais parecido com o dos gatos. Os gatos são mais vingativos e se sente acoados perto dos cães, os cães são mais jogados porem geralmente mais fortes.

O intuito dessa tabela acima não é ser preconceituoso mas sim fazer com que todos entendam o motivo da minha atração por heteros e total falta de interesse em gays. O rapaz H acima não tem nem o corpo que tem o rapaz G, porem ele é dono de uma personalidade e uma voz muito hétero, mesmo o rapaz G tendo um corpo muito mais inchado e chamativo, o rapaz H me deixou extremamente molhado e excitado ao exibir a sua personalidade, de longe o rapaz H se mostrou bem mais atraente, nem tanto pelo corpo embora ele não fosse feio mas sim pelo seu jeito. Se você quiser ver a personalidade do rapaz H, basta clicar aqui nessa página e mandar tocar o vídeo do Youtube.  Não existe  gay com o jeito do rapaz H, ele é o máximo rra mim e ainda se parece um pouco com Arthur Aguiar. Já o rapaz G tem uma aparência chamativa porem tem uma cara de mulher sofrida,que já é derrotada antes mesmo de lutar, você nota que embora o visual dele seja bem extravagante, o olhar dele é de tristeza e morbidez, já o olhar do rapaz H é de confronto e força, ou seja, o rapaz mirradinho com personalidade hétero me encanta mas o rapaz bombado e chamativo gay me passa falta de vontade e canseira, mesmo eu sabendo que os gays certamente iria preferir o rapaz G, provando assim que eu não me atraio por gays, sejam eles masculinizados como o rapaz G ou femininos como Pabllo Vitar. Na verdade eu gosto é de rapazes naturalmente heteros, mulherengos e carismáticos.

Os heterossexuais parecem aqueles comidas tostadinhas , saborosas e apimentadas, já os gays parecem aquelas comidas brancas, mal cozidas e com pouco sal, não dá tesão em mim.
Eu creio que com o passar do tempo a personalidade vai também moldando a aparência do corpo. Repare por exemplo, uma pessoa quando acaba de transar fica com uma cara diferente da cara de uma pessoa que está em casa lendo um livro.

Ou seja, existe toda uma personalidade que difere um gay de um hétero e sinceramente eu nunca vi um gay ter todos os componentes dela. Eu até digo que se existisse um gay com todos os trejeitos de hetero eu até me interessaria por ele. No final, todos os homossexuais que tentam fazer pose de homem sempre apresentam uma cara de mulher madura fechada que esconde o fogo de uma quarentona. Não gosto, é broxante. Todo gay que os outros gays dizem ser um “gay não afeminado” e que eles acham atraentes são assim: cara de mulher quarentona e séria que mais se assemelha à uma sapatona no máximo.  Os casais gays me dão vontade de me matar, sempre eu vejo dois homens com cara de sapatonas sem graça dando as mãos, parece que se juntaram apenas pra racharem o aluguel, é a união da sem-gracisse com falta de vontade de viver, uma bolacha de água e sal. Já quando eu vejo mulheres com os seus namoradinhos nos shopping eu fico com uma vontade louca de roubá-los pra mim, teve uma ocasião até onde uma mulher no shopping ficou me olhando com cara muito feia enquanto puxava o namorado dela pela mão, eu estava babando pelo namoradinho dela, eu encarava ele com uma fome de sexo sem igual, eu queria ser a puta dele.

 

Ser heterossexual é mais feliz

Quando você é heterossexual a sua vida é muito mais divertida, os amigos lhe chamam, as suas redes sociais bombam, as as pessoas chegam perto de você com interesse sexual e sem nojo e não apenas porque precisam de um favor empresarial ou porque querem arrumar uma forma de tirar o seu dinheiro.
Quando você é heterossexual você pode ter sempre um namorado ou namorada afim de você, as suas sextas feiras podem sempre terminar em fartura de sexo. Existem prédios com mais de cinco andares para o seu entretenimento sexual sem que nenhum neonazista venha querer lhe bater por causa de sua orientação sexual.
Quando você é heterossexual você pode viajar para outros países e arrumar um casamento e ficar pra sempre, afinal o casamento heterossexual é universal.

4 thoughts on “Hetero”

  1. Mano, pelo jeito q vc fala vc é quem parece um gay sem sal e sem vontade de viver, como vc espera que alguém, ainda mais hétero, se apaixone por vc desse jeito? Eu hein. Reveja seus conceitos e aprenda a ver as pessoas em toda sua diversidade, sem formas e estereótipos, vc verá que somos muito mais únicos e sem regras do que vc imagina 😉

    1. Sim , eu sou sem sal e sem graça porque eu vivi 50 anos tendo a minha personalidade sabotada desde muito cedo, alem disse eu passei e passo por situações que atacam a minha moral o tempo todo, sair feliz e radiante de uma vida assim, só pelas vias do masoquismo, o qual eu não sou adepto.
      Outra coisa que deve ser deixada bem clara: ninguém se apaixona por mim não por eu ser “sem graça” mas sim por eu representar algo que ninguém recalca ser nessa sociedade. Ninguém se projeta naquilo que não quer ser.
      E retomando a questão do ser “sem graça”, eu tenho vários exemplos de pessoas que são assim e que têm a vida sexual satisfatória até com pessoas lindas, colocando por terra a sua argumentação aleatória. Quer um grande exemplo? A Lady Di e o príncipe Charles, ela era linda e apaixonada pelo “sem graça” do Charles que a desprezava para ficar com outra mulher mais sem graça ainda que ele.
      Ayrton Senna também era sem graça. E daí?
      Aquelas mulheres casadas, muitas vezes têm um amante que você não dá nada por ele.
      Se o que você falou fosse verdade, pessoa deprimida não era estuprada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *