Homem é tudo a mesma bosta! Não confiem nessas víboras!

Lembram daquele rapaz do Badoo que eu falei no post anterior a esse? Aquele que era hetero , bonitinho e meio nerd que era evangélico e que me disse que votou em Bolsonaro mas não tinha nada contra gays? Aquele lá que eu falei que me deixava se abrir com ele por me levar na brincadeiras? Pois é, de uma hora para outra ele me bloqueou sem mais nem menos. Tentei contato com outro perfil falso meu com ele, me identifiquei e o cara me bloqueou imediatamente.

Alguém tem uma explicação para esse tipo de comportamento a não ser mau-caratismo puro?
Pois é, os heterossexuais no alto de sua beleza, conforto social e arrogância decidem cortar relações e bloqueá-las como se fosse um capricho: hoje acordei com vontade de não falar mais com ciclano, vou lá e não falo pois tem mais 20 milhões que irão falar comigo! Sou hétero! Sou bonito! Sou o máximo!

Pois isso cada vez mais dentro de mim dois sentimentos coexistem: a atração e o nojo. Sim, eu sinto muita atração por heterossexuais mas isso vem sendo acompanhado de nojo e revolta, nojo por querer me deliciar com a companhia de pessoas que eu sei que não valem absolutamente nada. Esse rapaz que eu citei acima embora meio nerd, não valia, pra falar a verdade, a bosta que cagava do rabo! Esse é o segundo evangélico que corta relações de amizade comigo assim do nada. Os rapazes heterossexuais na verdade todos são tão podres como são atraentes, essa é que é a verdade: gente ruim que não liga pro sentimento de ninguém a não ser o seu. Um bando de psicopatas safados!

Hoje por ser feriado eu tentei ficar me masturbando o dia todo nos meus raros momentos de sossego, eu ia no site do xvideos e dava preferencia para ver homens que gostam de fazer escândalo enquanto gozam em mulheres vagabundas. Também adoro procurar casos onde mulheres mais velhas dão a buceta para homens jovens pausudos e depois eles gozam feito um louco. Eu fico “alucinado” ao ver mulheres fazendo homens calhordas soltarem esperma aos berros e gemidos enquanto proferem impropérios , isso me excita demais. Ok, fiquei o dia inteiro vendo isso e me passando por mulher no chat do UOL, mas ao mesmo tempo que eu tinha prazer sexual, eu também tinha ódio e rancor por saber que só essas mulheres vagabundas poderiam ter o prazer físico desses caras que me atraem malditamente.

Lá no Badoo eu ficava vendo cam por cam de cada cara hetero, todos adoravam dizer com sarcasmo que não tinham nada contra gays mas que eles queriam mulher. Isso me fazia perceber o quão sujo é o mundo: enquanto uns se deliciam tendo tudo em fartura muitas vezes sem merecer, outros não têm bosta nenhuma! Aqui no planeta você só vale pelo corpo que tem. Eu me masturbava por esses caras e ao mesmo tempo os xingava, os perturbava pedindo vossas mortes! Teve um homem vistoso que era caminhoneiro e que abriu a cam direto do seu caminhão para ficar se exibindo enquanto dirigia, então eu fiquei lhe dizendo que ele iria bater o caminhão e ficar nas ferragens, isso me dava um prazer misturado com um ódio!

Eu confesso que eu tentei ver gay transando com gay no xvideo também, eles transam muito bem diga-se de passagem mas sempre o cara que come, mesmo que seja bonito, tem um jeitinho de fêmea encruada ou macho forçado que broxa! Pra mim gays são iguais comidas saudáveis: fazem melhor para o nosso corpo mas nunca nenhuma delas se iguala aquele hambúrguer gorduroso, cheiroso com queijo cheddar, cebola e com bacon  que a maioria come por aí! O hétero é o hambúrguer, faz mal mas todo mundo prefere. O gay é a carne de soja com linhaça e quinoa, é mais saudável mas devido ao gosto mais fraco em sem graça, quase ninguém quer.

Como eu senti ódio desses homens hoje, também senti ódio das mulheres. Eu as vezes entrava na cam de um cara para falar e algumas mulheres ficavam o convencendo a me banir pois eu era um gay. Sim! Mulheres mandando o cara ser preconceituoso comigo! E ainda por cima, quando eu revidava, não só as mulheres e os homens me atacavam como também outros gays que entravam na live ficavam ajudando essas víboras! É isso que me dá ódio na maioria dos gays, eles sempre querem se passar por pessoas éticas para receberem migalhas de consideração da sociedade dominante. Eles querem parecer fortes estando do lado mais forte. Se um viado bate em um hetero e passa outro viado, o outro viado vai chamar a polícia pro outro viado para salvar o hétero! Diferentemente do hetero que se ver um outro viado apanhando de um hétero, ele vai lá com mais 10 homens para ajudar a bater ainda mais no viado!

Infelizmente , todo rapaz que eu vejo  e que seja vistoso, é inevitável, eu sempre imagino ele sendo verdadeiro gozando muito em uma maldita mulher que nem nos filmes do xvideo, mesmo eu sabendo que aquele rapaz me desprezará, a minha cabeça se antecipa imaginando o que ele faria na cama com uma mulher.

Resumindo, gente bonita não presta! Eles descartam todo mundo. Se você é gay e gosta de um hetero bonito, torça para ele levar um tiro de uma bala perdida na cabeça e morrer, será a melhor coisa, escute o que eu digo! Pessoas bonitas são todas vazias e cruéis! Pessoas bonitas são ruins e letais!

 

 

4 thoughts on “Homem é tudo a mesma bosta! Não confiem nessas víboras!”

  1. Bom, vc meio que tocou no assunto que eu estava para lhe falar há algum tempo. É que esse negócio de “gay que só gosta de hétero” é meio que a desculpa da bicha feia, desculpe. Quando se é minimamente atraente, sempre tem alguém dando bola, sim. Mas acho que vc se fechou nos seus problemas psicológicos, e isso de alguma forma transparece no seu jeito de ser e no modo como as pessoas te enxergam. E daí adotou esta atitude tipo “as uvas estão verdes”, como se fosse diferente de todos os outros gays. Mas acho que não é. Todo gay gosta de hétero. Todo gay inclusive prefere hétero. A diferença é que você inclui o “só” nisso aí, e se julga uma quimera sexual. Mas você é gay igual a todo mundo, aceite.

    Acho inclusive engraçado quando vc fala que a vida sexual dos gays é sem graça sem nunca ter vivido isso. Amigo, vc não sabe *nada* do que é a vida sexual gay, mas eu vou te contar um segredo: gays fodem horrores, o tempo todo, e muito mais do que os héteros. E talvez justamente por isso os relacionamentos gays duram tão pouco. A gente enjoa mesmo de tanto trepar.

    Os tempos hoje já são outros, mas eu lembro muito bem de um dos meus primeiros namorados, que uma vez foi para minha casa numa noite de sexta e só saiu na tarde de domingo. Pois neste período de 36 horas ele me fez gozar 13 (treze) vezes. E isso foi só um fim de semana, e só um cara. Então lembre-se de que, mesmo tendo escolhido renunciar à vida sexual, os outros a têm, sim. E muito. E você pode ter também, se e quando quiser.

    1. Caro amigo, eu posso ter realmente analisado de forma superficial a vida sexual dos gays convencionais se alguma vez eu inferi que eles não têm vida sexual ativa, eu particularmente não me lembro.

      Já vi por curiosidade filmes onde gays transam e realmente a performance é boa mas não me excita, apenas me tira risos. Os homens que os gays acham o máximo assim como esse que você disse que lhe fez virar uma máquina de ter orgasmos, me causam tanta “excitação” como uma mulher de seios fartos e bunda grande me causa…

      Me parece uma presunção muito exacerbada e temerária a sua, no que se refere a fazer juízo de valor sobre o que eu sinto, afinal você quer entender mais de mim do que eu mesmo! Chega a ser parecido com aqueles “amigos” héteros que vivem lhe dizendo frases como:
      –“Ah, você gosta mesmo é de uma boa mulher vagabunda, quando você provar, vai ver que é muito bom!”
      –“Meu! Não tem coisa melhor do que buceta! Você tem que provar pra saber!”

      Da mesmíssima forma que eu sei que mulher não me agrada, eu também sei que homossexuais também não me agradam. Fazer sexo mecânico com uma mulher, eu posso fazer, posso até ter um orgasmo, afinal o atrito do pênis com qualquer coisa que o deixe sentindo cócegas e confortável, faz ele ter orgasmo mesmo, assim como num estupro. Isso não quer dizer que a pessoa gostou de ter gozado daquele jeito.

      Outra coisa, eu concordo com você que de repente eu possa me sentir uma bicha feia, mas como explicar que eu mesmo me sentido uma bicha feia, mulheres e gays ainda assim continuam dando em cima de mim quando podem? Ou seja, se fosse só feiura o meu problema, eu levantaria as mãos para o céu e agradeceria, mas não é. Eu conheço caras heteros, feios, barrigudos mas com uma masculinidade e simpatia que só de me pegar na mão eu fico todo molhado. A feiura pode ser contornada pela masculinidade/feminilidade junto com a simpatia e um perfume…

      Quanto a achar que a vida sexo-afetiva dos gays seja sem graça, até hoje eu não vi nada que me faça mudar de ideia. Quando eu vejo casais gays na rua, parecem mais irmãos, mãe e filho e coisas do tipo, não tem brilho no olhar, não tem felicidade, não tem ciumes. Minha mãe me levando pra tomar um sorvete na rua tem mais emoção do que um casal gay de mãos dadas.
      Você por acaso já viu quantos gays que mataram o outro por paixão e adultério?
      Quantos gays ativos pegaram um gay passivo pra sequestrar e pôr uma arma na cabeça dele em nome de um amor que o gay passivo não sente mais, assim como aconteceu no Caso Eloá?
      Quantos gays se mataram se jogando de um prédio pela rejeição ou adultério de um outro gay?
      Que gay já atravessou o oceano atlântico inteiro para ver outro gay assim como eu fiz pra ver um macho?
      Quantas músicas de sofrimento amoroso existem feitas de gays para outros gays? duas? três?
      Quantos casos de gays que enfrentam o pai e a mãe do outro gay para para constituir família?
      Por acaso você na escola já viu o menininho preferidinho da sala ser gay e ter outros alunos gays dando em cima dele feito loucos igual acontece com os heteros?
      Quantos gays estão presos por crimes passionais?
      Quantos gays separados por guerras como aquela que ocorreu na Alemanha nazista, moveram céus e terras por 60 anos para reencontrarem um outro gay que amaram durante a guerra?
      Que gay ativo manda caixinha de bombons , flores e todo tipo de souvenir para conquistar um gay passivo ou flex?
      Quantos gays guardam com fervor e saudosismo um objeto ou retrato de um outro gay que eles amaram?
      Pois é, todas essas coisas acima eu nunca vi acontecer com gays a não ser em novelas da TV Globo. Isso só reforça pra mim que o relacionamento do gay comum é frio e efêmero, tipo uma união pra pagar o aluguel e mais nada. Sabe? Fazer sexo mecânico por fazer, eu faço com os meus cinco dedos…
      Eu não quero ficar com alguém apenas por ficar assim como quem come uma bolacha de água e sal só para distrair a boca enquanto eu pensa em comer um petit deli de morango. Não!
      Eu quero alguém que me cause atração legítima, que me dê vontade, alguém que contraste comigo, alguém que eu admire e ao mesmo tempo me dê tesão, alguém que a minha pele queira e não sinta repulsa e não uma outra fêmea chata se roçando em mim com uma barba fingindo ser homem pra me agradar. Que nojo! Sabe aquele homem que tem cheiro de homem? Que você gosta do cheiro dele mesmo ele estando meio sujo? Pois é, isso existe até na natureza. Procure saber por qual motivo uma abelha rainha não suporta a outra a ponto de matá-la, como elas se identificam?
      Eu não gosto sexualmente de gays, gays me causam sentimento de competição, confronto, disputa territorial, mulheres também. Você não pode querer medir o subjetivo dos outros pelo seu, isso nem sempre funciona. Você deve ter os seus gostos naturais e provavelmente você não deve querer mudá-los.

      Entenda, não é birra, eu agradeceria aos céus se existisse um gay que me atraísse e que me correspondesse, mas nesses quase 50 anos de vida eu nunca vi isso acontecer a não ser em um único caso de um marido de uma travesti que traiu ela com a minha mãe quando eu tinha 14 anos, tirando isso, eu nunca vi um homem que eu gostasse querendo me comer. Já vi gays muito bonitos sim, mas sempre neles tem algo que eu não sei explicar que estraga todo o encanto.
      Se você é gay mesmo e não bissexual e quer me entender, é simples: se imagine transando e namorando com uma mulher periguete, você vai sentir exatamente o que eu sinto por gays, sejam ativos, passivos, masculinos ou não.

  2. OK obrigado pela resposta. Eu fiquei com receio de ter lhe ofendido, e não era a intenção. Gostei que você respondeu de forma relativamente pacífica – nem sempre é assim, né? kkkk. Enfim, vamos nos entendendo aos poucos. Eu poderia contestar quase tudo que vc escreveu aqui, mas realmente não tem muito sentido. Você não vai mudar mesmo, então porque vou ficar lhe enchendo a paciência? Vou tocar só em alguns pontos então.

    Muito do que vc disse na verdade poderia ser resumido em “não conheço gays psicopatas como os hetéros são por amor”, como se doença mental fosse sinônimo de vitalidade. Bom, se você não conhece bicha psicopata, sorte sua. Conheço várias kkkk.

    O mesmo pode ser dito de quase todos os outros exemplos: bichas morrem por amor dão escândalo, aparecem no trabalho do ex-namorado, contam para a família dele, o diabo. Quando a bicha resolve dar show, não fica nada a dever aos héteros, não se preocupe.

    Casais sem graça e desanimados existem no mundo hetero também. Aliás, depois que o sexo acaba (e sempre acaba, mesmo para eles, e dizem inclusive que a mulher costuma ser a primeira a trair, veja só) qualquer casal fica assim meio morto. É a natureza humana. Talvez você não veja tantos casais gays no auge do fogo porque há menos gays do que héteros, porque casamos menos e porque nossos relacionamentos duram menos, ou ainda porque já não frequenta lugares onde há gays jovens (e sexo selvagem é coisa da juventude, não me venham com este papo de terceira idade…Na terceira idade só pagando kkkk).

    Mas realmente qualquer casal depois de muito trepar vira amigo, e daí a aparência que você descreve. Acontece com todo mundo, e aconteceria mesmo se você casasse com aquele seu jogador alemão. Vocês dois ficariam com cara de cu depois de algum tempo, acredite kkkk.

    Sobre sexo gay: não é sem graça não. A gente gosta, acredite. E é bom. Melhor ainda quando se é jovem, claro. Mas que é bom, é. Se infelizmente não é a sua praia, paciência. Poupa-lhe um bocado de dor de cabeça também, pode ter certeza.

    Bom, nem sei porque estou escrevendo tudo isso. Talvez seja porque este blog tem meio que um tom de pedido de socorro, não sei. Mas nada do que a gente comenta aqui tem poder para diminuir essa sua angústia, então o que sobra é ficar escrevendo o que vem à cabeça mesmo. No fundo no fundo isso aqui tudo é sobre solidão. Você é sozinho porque tem um impulso sexual irrealizável. Outras pessoas (e são muitas) são tão sozinhas quanto, mas por outros motivos. No fim dá tudo na mesma, não é? O seu diferencial pode até ser este gosto muito pessoal (único na face da Terra, talvez?) mas na prática o problema é o mesmo.

    1. Amigo, realmente você não conhece gays “psicopatas” assim como héteros são por amor, porque não existe! O psicopata é justamente o oposto: indiferença, falta de empatia, e superficialidade nos sentimentos são o que eles têm em si. Psicopatas não sofrem por amor, isso é o mesmo que dizer que empresários bilionários não possuem dinheiro para se alimentarem. Psicopatas têm áreas do cortex cerebral responsáveis pelos sentimentos nobres, desativadas. O psicopata só sente prazer efêmero em causar o sofrimento dos outros, manipular, conseguir mais poder e fazer sexo, eles não possuem moralidade, ou seja, pra eles tanto faz serem traídos ou não. Eles não vão fazer escândalos na porta de ninguém a não ser que tenham algo a ganhar com isso. Pare com essa ideia! Psicopatas são tudo, menos emocionais a esse ponto descrito por você acima!

      Sim, as bichas morrem sim por suicídios, escândalos mas são sempre as que têm o lado feminino mais forte, aqueles que são por dentro de si mulheres, tipo eu e boa parte dos gays. São sempre os gays femininos/passivos/afeminados que sofrem mais. Eu nunca vi por exemplo, um gay ativo, comedor que matou o viado passivo porque descobriu que ele estava dando pra outro… Você sabe que isso praticamente não existe e olha que eu estou usando a palavra “praticamente” para pegar leve com você e não parecer chato, mas na verdade mesmo eu NUNCA vi um caso onde o macho da relação homossexual fosse pagar detetive pra armar flagrante do gayzinho que vai dar pra outro cara no motel às escondidas. Você sabe que isso que eu estou falando é verdade. Você realmente tem razão em dizer que porque o número de homossexuais é menor é normal que não se veja tanto esses casos, mas nesse exemplo, de todo meio gay que eu conheço a mais de 40 anos eu nunca vi um caso de marido de viado ou travesti que ficou transtornado com vontade de matar e se matar após descobrir que o seu viadinho preferido dava pra outro cara escondido no motel. Como diria o padre Quevedo: isso “NOExcisTe”!

      No caso dos heterossexuais, a paixão e o amor são tão reais e fortes que é muito comum a mulher praticar crime por ter pego o seu marido com outra e vice versa. Meu amigo, existe até um grupo de apoio psicológico à mulheres chamado MADA, mulheres que amam demais anônimas, para mulheres que não conseguem superar o fim de relações amorosas com os seus machos. Também existe o HADA, homens que amam demais anônimo. Agora veja se existe o
      “gays ativos que amam demais os gays passivos”! Você pode me mostrar uma ong ou grupo que desempenhe o mesmo papel do MADA e HADA
      voltado só pra gays normais que gostam de gays? Eu nunca vi!
      Quantos casais gays você conheceu que ficaram juntos a mais de 20, 30, ou 60 anos?
      Eu posso estar errado, mas quando uma pessoa gosta da outra mesmo, ela se apega, se sente feliz com a presença dela e sofre muito com a sua partida. Já os casais gays que eu conheço, geralmente nem conversam muito, a noite os dois vão pra rua caçar homens novos e se um falar que vai embora, o outro só falta responder: “Já vai tarde meu amor! A porta da rua fica ali!”

      Outra coisa, casais heteros só ficam sem graça quando brigam e precisam manter as aparências ou quando se unem por interesse, o que é comum em se tratando de mulher. Mas a maioria dos heteros que eu conheci , eles nunca deixavam de ficar um sem o outro para passear com os amigos livremente, ou eles não fazem isso ou fazem escondidos ou levam o seu cônjuge, isso mostra que existe um compromisso forte entre eles. Você deve ter amigas mulheres e sabe muito bem que quando eles arrumam um macho, raramente vão se dedicar à sua amizade com elas a não ser que você vá atrás lamber as botas delas. elas se afastam, evitam contato.

      Quanto ao casal trepar muito e ficar com cara de cu depois, bom, Anita tinha fama de fogosa e nos últimos dias com Thiago Magalhães não estava com cara de cu, estava? O jogador que eu gosto também, se separou de sua ninfeta, está com outra e não estão com cara de cu. Alias, heteros gostam de ostentarem as presas sexuais que eles conseguem nas redes sociais, e os gays? Um parece ter mais vergonha do outro do que tudo. Falta até pagar para o outro não aparecer.

      Eu até acredito que gays comuns gostam de sexo com outros gays comuns, tipo aqueles gays que vão em cinema gay privé para ficarem se roçando um no outro. Mas tudo ao meu ver é pra matar o desespero de não ter um hetero. Sabe aquela história: não tem cão, caça com gato?
      Eu garanto que se fosse possível existir um policial militar daqueles com cara de novinho, bem macho, casado e que chegasse pra um desses viados e falasse a eles:
      “larga toda essa viadada e vem aqui me mamar!”, eles iriam sem pestanejarem.

      Resumindo, eu posso estar errado, mas pra mim , os gays vivem com cara de cu um com o outro pois na verdade nem queriam estar com aquilo que estão por perto, estão apenas pra cumprirem um mandamento social atual que é não estar sozinho. Hoje em dia é feio não fazer sexo e ser sozinho. O gay comum deve usar o outro apenas para fins masturbatórios , tipo uma boneca inflável, gozou, acabou.

      Ah, outra coisa, gay comum dando em cima de mim e mulher, não me falta. Não tenho essas duas coisas porque não sinto atração por elas e não aceito fazer sexo mecânico apenas por fazer.
      O meu grande sonho é fazer sexo selvagem com quem me dê vontade genuína de fazer. Se eu não posso realizar isso, é outro problema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *